Segundou!

 

22 Out

Segundou!!! Já ouviu alguém gritar em alto e bom som ou postar em caixa alta esse termo diferente em plena segunda feira? Difícil né? O “mais normal” é na sexta feira se perceber uma intensidade enorme em posts, palavras e gestos- “Sextouuuu”. Mas “Segundou” quase nunca foi visto ou até mesmo nunca. Os possíveis motivos são um desafio e merecem nossa reflexão.

O que se vê de gente na sexta feira agradecendo a Deus por ter chegado o final de semana é impressionante. Uma sensação de que agora sim vai ser possível viver de verdade, ser feliz de verdade. Uma espécie de dia ou dias mágicos onde tudo é permitido. Estranho. E nos outros dias o sentimento de felicidade não aparece? A sensação de prazer não aparece? O bem estar não aparece? Até em telejornal se fala “Graças a Deus hoje é sexta”. E nos outros dias não damos graças? Não nos sentimos felizes? Já parou para pensar nisso?

É claro que o final de semana é importante para descanso, lazer, estudos, planejamentos das semanas que estão por vir (assuntos de futuros posts). Mas se arrastar na semana toda esperando o milagre da sexta feira é no mínimo viver em trilhos de sofrimento e sacrifício, aguardando poucos momentos de sorrisos e animação. Sofrimento que logo retorna no domingo a noite ao escutar a tradicional “musiquinha” do Fantástico. E aí logo vem aqueles pensamentos. “Meu Deus, amanhã é segunda feira”. “Vai começar tudo de novo”...

Se o trabalho faz tão mal assim no dia a dia, será que não vale buscar o que te faz bem? Será que vale a pena somente “sobreviver” em vez de viver cada dia da semana, com suas oportunidades, desafios e aprendizados? Sua rotina te suga? A vida te leva? Ou você busca levar a vida, fazer sua rotina satisfatória e se tornar protagonista das suas ações?

Essas perguntas são desafios que levam a reflexões mais que necessárias, que vão nos conduzir a um melhor entendimento sobre aptidões no trabalho, relacionamento, conhecimento e o principal: propósito. Para que e porque você trabalha? Para que e porque você encara cada dia? Para que e porque você veio ao mundo. Encontrar justificativas e transferir culpas é bem mais fácil do que se encontrar e transferir conhecimento e esperança.

Seu propósito é seu líder que não aparece. É o seu líder invisível. Quem o conhece e se conhece bem, com certeza está falando em alto e bom som nesta segunda: “Segundouuuu”